O Papa adverte sobre os perigos da teologia marxista da libertação e pede superar graves conseqüências