João Paulo II já pode ser venerado na capela de São Sebastião no interior da Basílica de São Pedro