Hospitais britânicos queimam corpos de bebês abortados como lixo para aquecer instalações

Addenbrooke Hospital de Cambridge