“Galileu e O Vaticano” derruba lenda negra sobre cientista e a Igreja