Deslocados internos se isolam mais pelo terrorismo do que pela COVID-19 em Burkina Faso

Acampamento de deslocados em Burkina Faso. Crédito: ACN