Bento XVI: O homem encontra verdadeira paz ao confessar suas culpas a Deus