Carregando...
Arquidiocese de Havana rechaça ocupação de Igrejas para convertê-las em trincheiras políticas

A Basílica Menor de Nossa Senhora da Caridade (foto La Gaceta)

HAVANA, 15 Mar. 12 / 03:23 pm (ACI).- O porta-voz da Arquidiocese de Havana, Orlando Márquez, advertiu que "ninguém tem direito a converter templos em trincheiras políticas", ao rechaçar a ocupação do Igrejas que entre os dias 13 e 14 de março realizadas por membros do dissidente Partido Republicano de Cuba (PRC) em vários lugares do país.

Na terça-feira um grupo de treze pessoas do PRC ingressaram na Basílica Menor de Nossa Senhora da Caridade em Havana aduzindo que tinham uma mensagem para o Papa Bento XVI.

Entretanto, a pesar que suas demandas foram escutadas pelo reitor do templo, Pe. Roberto Betancourt, e pelo chanceler da Arquidiocese, Dom Ramón Suárez, os dissidentes se negaram a deixar a igreja. O templo foi fechado com as treze pessoas dentro, que com freqüência faziam e recebiam chamadas usando seus telefones celulares.

Conforme informou Márquez, durante todo o tempo "as autoridades eclesiásticas mantiveram uma comunicação freqüente com as autoridades de governo, que se comprometeu a não atuar em modo algum. Isto foi igualmente transmitido ao grupo de ocupantes, e se ofereceu conduzi-los a suas casas em automóveis da Igreja".
 
"Toda tentativa de persuadi-los foi inútil. Ao amanhecer de hoje (ontem), quarta-feira 14, soubemos que situações similares se apresentaram em outras Igrejas do país, mas os ocupantes já tinham abandonado os templos", informou.

Isto foi confirmado pelo PRC, que afirmou que seus membros tinham ocupado a igreja de São Isidoro em Holguín, a catedral de Pinar del Rio e a igreja de São Jerônimo em Las Tunas.

Márquez disse que "trata-se de uma estratégia preparada e coordenada por grupos em várias regiões do país. Não foi um fato fortuito, mas bem planejado e ao parecer com o propósito de criar situações críticas à medida que se aproxima a visita do Papa Bento XVI a Cuba".

"Recebemos comunicação de que outros grupos e pessoas dissidentes convocados a ocupar templos em outras diocese mas se negaram a fazê-lo por considerar ‘uma atitude desrespeitosa para com a Igreja’", indicou.

O porta-voz do Arquidiocese recordou que às Igrejas vão milhares de fiéis todos os dias e que sempre se reza pelos presos, os que sofrem injustiças, defuntos e mais necessitados, pois são casas de oração abertas "a todos os que procuram em Deus a resposta para suas necessidades espirituais e até materiais, ou a dar graças por um bem recebido".

"Por este mesmo fato, todo ato que pretenda converter o templo em lugar de demonstração política pública, desconhecendo a autoridade do sacerdote, ou o direito da maioria que ali vai em busca da paz espiritual e do espaço para a oração, é certamente um ato ilegítimo e irresponsável", assinalou.

Márquez afirmou que a Igreja acolhe a todos, mas "não pode aceitar os tentativas que desvirtuam a natureza de sua missão ou podem pôr em risco a liberdade religiosa dos que visitam nossas Igrejas. Convidamos aos que assim pensam e atuam, a mudar de atitude, e se forem homens e mulheres que se consideram católicos, que procedam como tal".

"Ninguém tem direito a converter os templos em trincheiras políticas. Ninguém tem direito a perturbar o espírito celebrativo dos fiéis cubanos, e de muitos outros cidadãos, que aguardam com júbilo e esperança a visita do Santo Padre Bento XVI a Cuba", finalizou.
 

Etiquetas: Ocupação de Igrejas, Cuba

* Obrigado por seu comentário. O número de mensagens que podem estar online é limitado. A tamanho dos comentários não deve exceder a 1500 caracteres. ACI Digital se reserva ao direito de publicação das mensagens segundo sua idoneidade e teor. ACI Digital não se solidariza necessariamente com os comentários nem as opiniões expressas por seus usuários.

RECOMENDAMOS »

Jul
30

Católico em dia

30 de julho de 2014

  • Você sabia que: O pálio arcebispal é uma blanda branca com aplicações negras e três pequenos cravos que simbolizam os cravos de Cristo.

Videos

Santo Antônio de Pádua
Santo Antônio de Pádua
San José de Anchieta
A falta de oração leva à mediocridade espiritual
Papa Francisco: Nem a doença, nem a morte, poderá nos separar de Cristo
O Papa: A Igreja é a casa da Alegria
A comunhão fraterna leva à comunhão com Deus, diz o Papa
O Papa no Encontro Mundial das Famílias: Viver a Reconciliação Sempre
Maria é modelo de caridade e união com Cristo, destaca o Papa
Francisco exorta a rezar sempre sem jamais cansar-se
Rezar e anunciar o Evangelho é tarefa de todo cristão, afirma Francisco
Deus, nossa força, nos surpreende e nos pede sermos fiéis
O verdadeiro cristão segue o Senhor até a Cruz
A fé é a respiração da alma
Papa Francisco sobre Naufrágio em Lampedusa: uma vergonha!
Deus sempre acompanha a humanidade ao longo da história
Bento XVI: Jesus nos mostra o rosto de Deus
Bento XVI recorda que devemos ser sinais da ação de Deus no mundo
Bento XVI: é urgente falar de Deus no mundo atual
Bento XVI: Deus não é um absurdo embora seja sempre um Mistério
Bento XVI fala de três vias para que o coração do homem chegue a Deus
O homem, mendigo de Deus: catequese de Bento XVI
A fé nunca é um ato puramente individual, destaca Bento XVI
Bento XVI: Não nos basta a ciência, é a fé que nos sustenta
Bento XVI: a plenitude humana consiste no amor
Missa de abertura do Ano da Fé

Podcast

Evangelho do dia

Lucas 24, 1-12

Evangelho
Data
03/30/14
03/29/14
03/28/14

Santo do dia

São Pedro Crisólogo »

Saito
Data

Homilia do dia

Lucas 18,9-14

Homilia
Data
03/29/14
03/28/14
03/27/14

Mais Popular

  Assinar 
Cancelar Assinatura
  

Siga-nos: