Arcebispo salvadorenho pede à OEA acordos contra violência