“Aborto como questão de saúde pública” é dar ao estado o direito de tirar vidas, explica perito