Carregando...

Notícias do 31 de Março de 2012

"Todos os caminhos levam ao Rio!", afirma o Cardeal Rylko em encontro internacional sobre as JMJs

Roma, 31/03/2012 (ACI).- No marco do Encontro Internacional sobre as JMJs que acontece em Rocca di Papa, perto de Roma (Itália), membros do Comitê Organizador Local (COL) da JMJ Rio 2013 se encontram reunidos até o domingo 1º de abril com delegados de 98 países e representantes de 45 comunidades, associações e movimentos juvenis católicos junto às autoridades do Pontifício Conselho para os Leigos. O Dicasterio liderado pelo Cardeal Stanislaw Rylko, quem exclamou em um discurso aos participantes: Todos os caminhos levam ao Rio!

Os bispos, religiosos e leigos brasileiros apresentaram o estado dos trabalhos para sediar o evento que acontecerá de 23 a 28 de julho de 2013 no Rio de Janeiro e que será precedido pela Semana Missionária, na qual os jovens estarão espalhados por dioceses de todo o Brasil fazendo atividades espirituais, solidárias e missionárias.

O presidente do Comitê Organizador Local (COL) e arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta foi o primeiro a falar. Dom Orani desfez uma imagem, muitas vezes distorcida, do Brasil, que costuma ser apresentada pelos meios de comunicação.

O arcebispo pediu aos delegados internacionais da JMJ que rezem pela Comissão Organizadora e pela Rio2013. Ele convidou a todos para que convoquem os jovens de seus países para rezarem pela Jornada e para que promovam momentos especiais de intercessão, assim como acontece no Rio de Janeiro com a Vigília dos Jovens Adoradores, todas as segundas sextas-feiras do mês.

 Também se apresentaram no encontro os responsáveis pelos setores da JMJ Rio2013, juntamente com os membros da comissão da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Dom Eduardo Pinheiro, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB falou da preocupação da Igreja para com os jovens.

Os números relacionados à dimensão e à população do Brasil impressionaram os presentes. Os participantes se emocionaram especialmente com os vídeos que mostraram um pouco da natureza e do jeito de ser do brasileiro.

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral e o prefeito da cidade, Eduardo Paes, estiveram no Encontro durante a tarde para conversar com os delegados internacionais. Eles destacaram a mobilização do país inteiro para receber os peregrinos da JMJ Rio2013. O embaixador do Brasil junto a Santa Sé, Almir Barbuda, também participou.

"O Rio de Janeiro, o povo carioca, é acolhedor por natureza! Por isso, tenham certeza, que todos os peregrinos serão muito bem acolhidos e estamos trabalhando afinco para isso", afirmou Cabral.

Diante da presença das autoridades políticas, o presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, Cardeal Stanislaw Rylko, afirmou que a Jornada Mundial é um presente não só para Igreja, mas para cada país que a acolhe.

"Até agora dizíamos que todos os caminhos conduziam a Roma. Hoje mudamos e podemos dizer que todos os caminhos levam ao Rio!", afirmou o Cardeal.

A programação do evento prosseguiu com uma Celebração Eucarística presidida pelo arcebispo do Rio. Depois de um jantar, os participantes tiveram a oportunidade de participar de um show conduzido por um dos precursores da musica católica no Brasil, padre Zezinho.


Filme sobre a Revolucão dos 'Cristeros' no México oferece lições em um tempo oportuno

Roma, 31/03/2012 (ACI).- O produtor de um novo filme que conta a luta contra a perseguição do governo mexicano aos católicos nos anos 20, diz que nele existem claros paralelos com a situação atual nos Estados Unidos e em outros lugares.

 “Eu acho que o que vivemos hoje são as mesmas coisas que aconteceram naquele tempo, e depois que você assistir ao filme  verá que há muitos tópicos que estão vivos no momento”, contou Pablo José Barroso, produtor de “For Greater Glory”, a Catholic News Agency, a agência do grupo ACI em inglês, no dia 21 de março.

 “For Greater Glory” - antes chamado de “Cristiada” – traça a história da Guerra Cristera do México que foi motivada pela legislação anticlerical sendo aprovada pelo presidente mexicano Elías Calles em 1926. Aquelas leis baniram ordens religiosas, privaram a Igreja de direitos de propriedade e negou liberdade civil aos padres, incluindo os direitos de julgamento por júri e o de voto.

A perseguição tornou-se tão violenta e severa que alguns católicos começaram a resistir forçadamente, lutando sob o lema e a estandarte de “Cristo Rey” (Cristo Rei).

“Essa história destruiu nossos corações, mas é uma história que deve ser contada”, disse Barroso.

“Trata-se de uma história real sobre pessoas que defenderam suas crenças. Como mexicano, estou muito orgulhoso em dividir com o mundo essa nossa história da qual muitos mexicanos não sabem a respeito”.

O filme é dirigido por Dean Wright e é estrelado pelos premiados atores Andy Garcia, Eva Longoria e Peter O’Toole entre outros. “Estamos tentando fazer filmes com valores e de alta qualidade de produção”, explicou Barroso, que esteve presente na estreia do filme no dia 20 de março, em Roma.

No último domingo, 25 de março, o Papa Bento XVI celebrou uma Missa para mais de 400.000 peregrinos na cidade mexicana de Silao. A celebração aconteceu sob a sombra da estátua de Cristo Rei, de 20 metros de altura, que foi construída nos anos 40 em homenagem aos que morreram na Guerra Cristera.

Desde então, dúzias de mártires da guerra foram canonizados e beatificados pela Igreja, incluindo Jose Sanchez Del Rio, um menino de 14 anos, que foi declarado santo pelo Papa Bento XVI em 2005. A história do jovem é particularmente destacada no novo filme.

 “Eu espero que após verem esse filme, as pessoas comecem a apoiar sua religião e viver de acordo com ela”, contou Barroso, que vê a ameaça à liberdade religiosa crescendo pelo mundo.

“Como católico, eu acho que agora é a hora para que os leigos resistam e façam alguma coisa”.

“For Greater Glory” chegará aos cinemas dos Estados Unidos no dia 1° de junho desse ano.
 


Bento XVI envia doação de 100 000 dólares para Igreja na Síria

Vaticano, 31/03/2012 (ACI/EWTN Noticias).- O Papa Bento XVI enviou uma doação de 100 000 dólares para ajudar a mitigar o efeito da violência na Síria, através das organizações de caridade da Igreja local.

Em um comunicado emitido pelo Pontifício Conselho Cor Unum, indicou-se que este é um novo gesto do Papa, somado às suas reiteradas chamadas a pôr um fim imediato a todo tipo de violência na Síria.

O secretário do Pontifício Conselho Cor Unum, Dom Giampiero Dal Tusso, entregará o donativo à Igreja local, hoje, 31 de março.

Através de seus organismos de caridade, a Igreja na Síria se encontra comprometida em ajudar a população terrivelmente afetada pela violência, particularmente nas cidades de Homs e Alepo, onde ademais os cristãos são perseguidos por extremistas vinculados a grupos como o Al Qaeda.


Bento XVI exorta presidiários a erguer-se de suas quedas com a ajuda de Cristo

Vaticano, 31/03/2012 (ACI/EWTN Noticias).- VATICANO, 31 Mar. 12 / 09:05 am (ACI/EWTN Notícias).- O Papa Bento XVI saudou a iniciativa da Via Sacra que será realizada na prisão romana de Rebibbia, e exortou os reclusos a levantar-se de suas quedas no pecado com a ajuda de Cristo.

Em sua nota, emetida pela ocasião do Via Crucis, que será presidido pelo Vigário do Papa para a diocese de Roma, Cardeal Agostino Vallini, o Santo Padre manifestou que sabe “que esta Via Sacra quer ser um sinal de reconciliação”.

“Quando no Via Crucis vemos Jesus que cai no chão, uma, duas, três vezes, compreendemos que Ele compartilhou nossa condição humana. O peso de nossos pecados o fizeram cair; mas três vezes Jesus se levantou e prosseguiu o caminho para o Calvário”, assinalou.

O Papa sublinhou que a força para que Jesus se levante provinha de que “em seu coração, tinha a firme certeza de ser sempre filho, o Filho amado de Deus Pai”.

Bento XVI exortou os presidiários a não terem medo de percorrer sua via crucis pessoal e carregar sua cruz junto a Cristo, “porque Ele está conosco. E conosco está também Maria, sua mãe e nossa mãe, que permanece fiel também aos pés de nossa cruz, e reza pela nossa ressurreição, porque crê firmemente que, também na noite mais escura, a última palavra é a luz do amor de Deus”.


Governo Cubano declara feriado "não definitivo" a próxima Sexta-feira Santa

HAVANA, 31/03/2012 (ACI/EWTN Noticias).- Em resposta ao pedido realizado pelo Papa Bento XVI ao Presidente Raúl Castro, o governo cubano anunciou em uma breve mensagem publicada este sábado no diário oficial "Granma" que a próxima Sexta-feira Santa será declarada como feriado, porém assinalou que sua  permanência no calendário oficial cubano ainda não é definitiva.

A nota oficial recorda que "durante o encontro sustentado no Palácio da Revolução, no último 27/03, com o Presidente do Conselho de Estado e do Governo, General de Exército Raúl Castro Ruz, o Supremo Pontífice da Igreja Católica expressou-lhe seu desejo de interromper atividades trabalhistas não indispensáveis nas sextas-feiras de Semana Santa, por motivo das comemorações religiosas que ocorrem pela paixão e morte de Jesus de Nazaré".

O comunicado revela logo que "momentos antes de sua partida, o Presidente Cubano expressou (ao Santo Padre) a vontade de que na próxima sexta-feira 6 de abril, com caráter excepcional, em consideração à Sua Santidade e ao feliz resultado desta transcendental visita nosso país, chegava-se a isso".

Entretanto, a mesma nota assinala que "se reservava aos órgãos superiores da Nação a determinação definitiva" do feriado. Embora na prática o Presidente Raúl Castro e o Conselho de ministros concentrem todo o poder em Cuba, em teoria o vértice do Partido Comunista cubano é quem toma as decisões deste tipo. Historicamente, entretanto, o Partido Comunista jamais discrepou como propostas de Fidel ou de Raúl Castro.

Uma decisão similar foi tomada pelo ex-presidente Fidel Castro ao reinstaurar "temporariamente" em 1997 a festa do Natal pouco antes da chegada do Papa João Paulo II à Ilha em janeiro de 1998. Por um breve pedido do Papa João Paulo, o feriado natalino foi estabelecido de forma permanente.
No Vaticano, o Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Pe. Federico Lombardi, assinalou que "o fato de que as autoridades cubanas tenham rapidamente acolhido o pedido do Santo Padre ao Presidente Raúl Castro, declarando a próxima Sexta-feira Santa um dia de feriado, é certamente um sinal muito positivo".

"A Santa Sé espera que isto anime à participação nas celebrações religiosas e na gozosas festividades pascais, e que a visita do Santo Padre siga trazendo os desejados frutos para o bem da Igreja e de todos os cubanos", acrescentou o Pe. Lombardi.


RECOMENDAMOS »

Set
22

Católico em dia

22 de setembro de 2014

  • Você sabia que: O Colégio Cardenalício conta atualmente com 23 cardeais nomeados por Paulo VI, dos quais somente 10 têm menos de 80 anos.

Videos

Santo Antônio de Pádua
Santo Antônio de Pádua
San José de Anchieta
A falta de oração leva à mediocridade espiritual
Papa Francisco: Nem a doença, nem a morte, poderá nos separar de Cristo
O Papa: A Igreja é a casa da Alegria
A comunhão fraterna leva à comunhão com Deus, diz o Papa
O Papa no Encontro Mundial das Famílias: Viver a Reconciliação Sempre
Maria é modelo de caridade e união com Cristo, destaca o Papa
Francisco exorta a rezar sempre sem jamais cansar-se
Rezar e anunciar o Evangelho é tarefa de todo cristão, afirma Francisco
Deus, nossa força, nos surpreende e nos pede sermos fiéis
O verdadeiro cristão segue o Senhor até a Cruz
A fé é a respiração da alma
Papa Francisco sobre Naufrágio em Lampedusa: uma vergonha!
Deus sempre acompanha a humanidade ao longo da história
Bento XVI: Jesus nos mostra o rosto de Deus
Bento XVI recorda que devemos ser sinais da ação de Deus no mundo
Bento XVI: é urgente falar de Deus no mundo atual
Bento XVI: Deus não é um absurdo embora seja sempre um Mistério
Bento XVI fala de três vias para que o coração do homem chegue a Deus
O homem, mendigo de Deus: catequese de Bento XVI
A fé nunca é um ato puramente individual, destaca Bento XVI
Bento XVI: Não nos basta a ciência, é a fé que nos sustenta
Bento XVI: a plenitude humana consiste no amor
Missa de abertura do Ano da Fé

Podcast

Evangelho do dia

Lucas 24, 1-12

Evangelho
Data
03/30/14
03/29/14
03/28/14

Homilia do dia

Lucas 18,9-14

Homilia
Data
03/29/14
03/28/14
03/27/14

Mais Popular

  Assinar 
Cancelar Assinatura
  

Siga-nos: