Carregando...

Notícias do 29 de Fevereiro de 2012

Regnum Christi deseja o melhor para nova associação Totus Tuus

Roma, 29/02/2012 (ACI).- Os legionários de Cristo e os membros consagrados do movimento Regnum Christi desejaram o melhor e ofereceram suas orações à nova associação de vida consagrada feminina Totus Tuus, erigida no último 22 de fevereiro em Santiago no Chile.

Através de um comunicado em seu site em italiano, o movimento expressou seu desejo de "acompanhar as irmãs que deixaram a vida consagrada no Regnum Christi com a oração e esperando que possam manter com elas um laço de fraternidade".

O texto se refere à instituição formada pela ex-assistente geral para a vida consagrada do Regnum Christi, Malén Oriol, e outras consagradas de diferentes partes do mundo que deixaram o movimento e fazem parte agora do Totus Tuus, que durante seu primeiro ano será acompanhada pelo Arcebispo Emérito de Santiago, Cardeal Francisco Javier Errázuriz.

O Totus Tuus conta com o "parecer favorável" da Secretaria de Estado do Vaticano que respondeu assim a uma consulta feita pelo atual Arcebispo do Santiago, Dom Ricardo Ezzati, sobre a fundação da associação.

O comunicado do Regnum Christi assinala que "por enquanto não foi divulgado quantas nem quais decidiram fazer parte desta associação, onde viverão, como se organizarão, etc.".

Seu objetivo principal, indica o texto, é "oferecer uma nova casa comunitária para algumas mulheres que deixaram o Regnum Christi e seguem sentindo a chamada a viver uma vida consagrada a Deus ao serviço da Igreja".

"Ecoando das palavras que o Pe. Álvaro Corcuera dirigiu a elas recentemente, nós dizemos que as amamos e respeitamos, nós lhes agradecemos por todo o bem que fizeram e que seguirão fazendo".

O comunicado assinala logo que "este recente passo de algumas consagradas é mais um motivo para examinar continuamente os progressos pessoais e comunitários no caminho que o Santo Padre indicou à Legião e ao Regnum Christi".

Para concluir o texto pede que se reze pelo Totus Tuus e por "todos os legionários de Cristo e os membros consagrados do Regnum Christi durante este processo de renovação".


Universitários pedem à PUCP que adapte seus estatutos conforme solicitação do Vaticano

LIMA, 29/02/2012 (ACI/EWTN Noticias).- Um grupo de professores, alunos e ex-alunos da Universidade Católica do Peru (PUCP) pediram ao centro de estudos que adaptem os seus estatutos à Constituição Apostólica Ex Corde Ecclesiae, conforme solicitou o Vaticano no dia 21 de fevereiro.

Em um comunicado enviado ao grupo ACI, a Associação Universitária Riva Aguero, que leva o nome do principal benfeitor da PUCP chamou os membros da Assembléia Universitária da casa de estudos "a dar aceitação completa ao pedido feito pela Santa Sé, pois a existência da Universidade não seria compreendida sem o esforço da Igreja Católica".

Esta organização, assinala o pronunciamento, busca "promover plenamente a defesa inquebrantável da vontade dos fundadores da PUCP, expressa na consagração institucional à Igreja Católica e sua dependência à Santa Sé".  

A Igreja, como foi observado pelos membros da comunidade universitária “sob o amparo das liberdades religiosas existentes hoje em toda a sociedade democrática tem o direito de criar instituições educativas em harmonia com os princípios da fé e do seu Magistério".

Com este comunicado, o grupo Universitário Riva Agüero visa reivindicar a identidade católica da PUCP, "presente desde de sua fundação em 1917 como um espaço do ensino superior no contexto do ensino da doutrina da Igreja, sob a proteção da Santa Sé".


Divulgado programa do Papa Bento XVI no Congresso Mundial das Famílias em Milão

Vaticano, 29/02/2012 (ACI/EWTN Noticias).- O Serviço de Informação do Vaticano anunciou ontem pela manhã o programa oficial do Papa Bento XVI para o Congresso Mundial das Famílias que será celebrado em Milão (Itália), de 29 de maio à 3 de junho.

No evento, intitulado "A Família: o Trabalho e a festa", o Santo Padre vai estará presente entre os dias 1º de junho (sexta-feira) e o domingo 3 de junho.

Na sexta-feira o Santo Padre chegará às 5:00 pm (hora local) no aeroporto de Milão-Linate, onde será recebido pelas autoridades. Às 05:30pm reunirá os milaneses, a quem vai dirigir umas palavras na Piazza del Duomo. Às 7:15 pm irá ao Teatro La Scala, onde haverá um concerto em sua homenagem.

No sábado dia 2, às 10:00h o Papa rezará Laudes (orações da manhã) na Catedral de Milão, juntamente com os sacerdotes, religiosos e religiosas, a quem dirigirá uma meditação.

Ao término, vai viajar de carro até o Stadio San Siro, para um encontro com os jovens que receberão a crisma este ano.Pela tarde, Bento XVI se reunirá com as autoridades civis e pronunciará um discurso. Às 8:30pm, o Papa participará do Encontro Mundial das Famílias, durante a Festa dos
Testemunhos, que será realizada no Parco Nord na cidade.

No domingo dia 3 o Papa presidirá a Eucaristia que terá início às 10:00 am no Parco Nord. Depois de rezar o Ângelus, às 12:00, retornará ao Arcebispado, onde à tarde vai cumprimentar os membros da fundação de Milano Fundação famiglie 2012 e os organizadores da visita.
Às 5:30 pm, depois de despedir-se das autoridades civis no aeroporto de Milão-Linate, o Santo Padre iniciará a viagem de volta a Roma.

Os encontros mundiais das famílias tiveram sua origem em 1981, quando o Beato João Paulo II promulgou a Exortação Apostólica "Familiaris Consortio" e criou o Pontifício Conselho para a Família.

O primeiro foi realizado em Roma em 1994 e desde então teve edições a cada três anos, com o objetivo de celebrar o dom divino da família e reunir familiares para rezar e aprofundar na compreensão do papel da família cristã como Igreja doméstica e unidade básica da evangelização.


O Papa Bento XVI nomeia novo Auxiliar para o Rio de Janeiro

Vaticano, 29/02/2012 (ACI/EWTN Noticias).- O Papa Bento XVI, cuja habitual audiência geral das quartas-feiras não foi realizada hoje por estar em exercícios espirituais com a cúria do Vaticano, nomeou hoje o sacerdote Luiz Henrique Da Silva Brito como novo Bispo Auxiliar do Rio do Janeiro no Brasil.

O Bispo eleito nasceu em 19 de maio de 1967 no Sao Gonçalo e foi ordenado sacerdote em 14 de dezembro de 1991. Licenciou-se em Direito Canônico pelo Instituto Superior de Direito Canônico de Rio de Janeiro (1992) e em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade da Santa Cruz em Roma (2005).

Sua ordenação episcopal será no dia 12 de maio de 2012, sábado, às 8h30, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, no Rio de Janeiro.

Segundo informa a web da arquidiocese do Rio, até a nomeação, monsenhor Luiz Henrique exercia várias funções na Diocese de Campos (RJ), onde era incardinado e, desde o dia 30 de junho de 2010 era pároco da Paróquia São Benedito, em Campos.

Fluminense de São Gonçalo, nasceu no dia 19 de maio de 1967. Depois da formação no Rio de Janeiro, em Teologia, pelo Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese, e em Direito Canônico, pelo Instituto Superior de Direito Canônico, concluiu em 2005 o mestrado em Teologia Moral, pela Pontifícia Università della Croce, em Roma. Foi ordenado presbítero em 14 de dezembro de 1991.

Em nota, Monsenhor Luiz Henrique manifestou a alegria de integrar a Arquidiocese do Rio de Janeiro, unindo-se ao Arcebispo Metropolitano e aos Bispos Auxiliares.

“ Existem grandes desafios evangelizadores em uma metrópole tão grande quanto o Rio de Janeiro, contudo, aqui quero doar-me totalmente em estreita comunhão com o caríssimo Dom Orani, Bispos Auxiliares e Presbíteros, para que o amor de Deus seja conhecido por todos”, afirmou o bispo eleito.

Por ocasião da publicação da nomeação, Dom Orani acolheu o novo Bispo Auxiliar, anunciando aos diocesanos o belo e importante presente recebido do Santo Padre.

Dom Da Silva chega a uma arquidiocese que quanta com 602 sacerdotes, 1.044 religiosos e 124 diáconos permanentes para o governo pastoral de mais de 3.7 milhões de católicos em uma população total de 6.1 milhões de pessoas.


Portugal rechaça adoção gay

Lisboa, 29/02/2012 (ACI/EWTN Noticias).- O Parlamento de Portugal rechaçou um projeto de lei que procurava conceder a adoção de crianças a casais homossexuais, cujas uniões legais neste país europeu desde ano 2010.

Na sexta-feira 24 de fevereiro a proposta só recebeu apoio de 8 deputados comunistas e de 39 dos 74 socialistas. O que quer dizer que o projeto só foi defendido por 47 (pouco mais de 20 por cento) dos 230 membros do Parlamento.

O Partido Social Democrata (PSD, de centro direita) bem como o demo-cristão, que governam em coalizão o parlamento desde junho passado e que juntos representam 132 dos 230 bancos da Câmara lusa, votaram contra a proposta.

Conforme assinala a agência EFE, os 14 deputados comunistas explicaram nesta ocasião que não se pode mudar uma norma aprovada há ano e meio porque "é preciso continuar o debate" e porque "não se dão as condições" para a modificação.

Diversos especialistas ao redor do mundo assinalam que a adoção gay atenta contra a ordem natural e contra o direito que tem toda pessoa a ter pai e mãe, especialmente as crianças que foram abandonadas ou passaram pela dor de perder a ambos genitores.

A doutrina católica não aprova o mal chamado "matrimônio" gay porque atenta contra a natureza, sentido e significado do verdadeiro matrimônio, constituído pela união entre um homem e uma mulher, sobre a qual se forma a família.


José Daniel Ferrer: Ser católico me impulsiona a lutar pela liberdade de Cuba

HAVANA, 29/02/2012 (ACI/EWTN Noticias).- "Sempre acreditei que devemos estar no lugar que Deus quis e que devemos dar nossa contribuição como cristãos comprometidos", afirmou José Daniel Ferrer, coordenador da União Patriótica de Cuba (UNPACU), que encontrou nos Evangelhos e no magistério da Igreja as fontes de seu compromisso laical pela liberdade da ilha.

"Vejo nos Evangelhos que não podemos estar alheios à realidade do território onde vivemos, da nação onde nascemos, que devemos fazer todo o possível para que se respeite a liberdade e os direitos fundamentais das pessoas", expressou Ferrer em entrevista ao grupo ACI no dia 28 de fevereiro, logo depois de recuperar novamente sua liberdade após ser seqüestrado por agentes do Estado cubano, que o detiveram por seu ativismo político no leste do país.

Católico e pai de família, o líder da UNPACU afirmou que suas idéias políticas "sustentam-se em grande maneira nos Evangelhos e na Doutrina Social da Igreja", e por isso compartilha a "proposta de João Paulo II em sua encíclica Centesimus Annus, sobre a necessidade de que as nações sejam regidas por sistemas democráticos, por verdadeiros estados de direito".

Nesse sentido, criticou que o regime comunista dos irmãos Castro viole os direitos e liberdades que correspondem aos cubanos por serem filhos de Deus e existam leigos que se mantenham "completamente à margem", como esperando que outros se sacrifiquem. "Parece-me uma atitude pouco comprometida, por não dizer até de certa forma covarde", expressou.

Por isso, insistiu em seu chamado a que "todo leigo católico, todo cristão", comprometa-se "para que em toda a nação exista o marco legal necessário para que cada pessoa defenda suas idéias, não somente religiosas, não somente sua fé em Deus, mas também suas idéias, suas opiniões políticas, culturais, em todos os planos, da maneira mais livre possível. Com liberdade e responsabilidade".

Ferrer afirma que em Cuba, onde existe o sistema de partido único, as pessoas devem ter a liberdade de escolher sua opção política, liberal, democrata cristão ou inclusive comunista. Mas recordou que esta ideologia se contrapõe ao cristianismo porque "suas normas tendem ao totalitarismo, a suprimir os direitos e liberdades de outros". "Por isso meu compromisso e por isso meu desejo de que Cuba mude", acrescentou.

Sobre a realidade de Cuba logo da viagem de João Paulo II em 1998, Ferrer disse que "muito poucas coisas mudaram, e o que mudou se deve ao sacrifício de homens e mulheres heróicos, com um valor e uma fé ao estilo dos primeiros cristãos".

"Segue-se violando os direitos e liberdades fundamentais dos cubanos. No campo dos direitos sociais, econômicos e culturais houve muito pouco, para não dizer quase nada", indicou.

Entretanto, destacou as mensagens do agora Beato, cujos discursos foram "muito claros, muito precisos, e estão aí como tarefa pendente para nós os cubanos, para o cubano em geral, para o católico e crente também (…). Não podemos pedir ao Papa que faça o que nos corresponde fazer".

José Daniel Ferrer formou parte do grupo de 75 prisioneiros de consciência detidos em 2003 durante a Primavera Negra. Condenado a 25 anos de prisão, foi libertado em 2011 graças à intercessão da Igreja. Entretanto, não aceitou ser exilado a Espanha e agora lidera a UNPACU, que busca a transição pacífica de Cuba à democracia.


Vaticano inaugura mostra do Arquivo Secreto: Bula de Lutero, Carta de Bernardette, entre outros

Vaticano, 29/02/2012 (ACI/EWTN Noticias).- A Santa Sé inaugura este 29 de fevereiro nos Museus Capitolinos de Roma a mostra "Lux in Oculta: o Arquivo Secreto Vaticano se revela", organizada pelo próprio arquivo ao comemorar os 400 anos de sua fundação.

A mostra, que conta com uma centena de valiosos e originais documentos dos séculos VIII ao XX, como manuscritos, pergaminhos e cartas, poderá ser visitara até o próximo 9 de setembro.

Entre os documentos que poderão ser apreciados na mostra figuram a carta dos membros do Parlamento inglês ao Papa Clemente VII sobre a causa matrimonial do rei Enrique VIII; a Bula de excomunhão contra Martinho Lutero; o processo contra a Ordem dos Templários na França, e a carta de Santa Bernardette Soubirous, a vidente da Lourdes, ao Papa Pio IX.

Com seus 85 quilômetros de estantes, o Arquivo Secreto do Vaticano é um dos centros de investigação histórica mais importante do mundo.


Cardeal de Paolis: Não fui nomeado para destruir a Legião de Cristo mas para vivificá-la

León, 29/02/2012 (ACI/EWTN Noticias).- O Cardeal Velasio de Paolis, Delegado Pontifício para os Legionários de Cristo, afirmou que o Papa não o nomeou para destruir mas para promover e animar a vida desta congregação e do movimento laical Regnum Christi.

Ao finalizar a Missa que presidiu ontem na cidade de León no México e ante 10 mil pessoas dos colégios dos legionários nesse país, o Cardeal disse que "minha presença aqui manifesta uma palavra de confiança da parte do Santo Padre".

O Papa, disse o Cardeal, "nomeou seu Delegado para a Legião e para o Regnum Christi porque tinha confiança na Legião e no Movimento Regnum Christi. E nomeou seu Delegado não para destruir, mas para vivificar, descobrir, renovar, as grandes energias que existem na Legião e no Movimento Regnum Christi".

O Cardeal disse ademais que o Santo Padre o designou "não para animá-los a mudar de vocação, mas para permanecer na vocação do sacerdócio religioso para os legionários, ou na consagração e na entrega pelo Reino de Cristo, tanto por parte dos consagrados como de outros membros do Movimento".

"O Papa –continuou o Delegado Pontifício– tem confiança. Tem confiança na capacidade do homem. Tem confiança, sobre tudo, na graça".

"Nós, como cristãos, podemos ver o futuro com grande esperança porque acreditam na bondade de Deus que continuamente renova e regenera nossos corações, e nos faz capazes de fazer nosso trabalho de modo sempre maior e mais belo".

A graça, disse logo o Cardeal, "apesar de nossas debilidades, permite-nos perseverar, não nos escandalizarmos nem sequer do pecado porque a graça do Senhor é maior que nossa miséria, que nossa debilidade e inclusive que nosso pecado".

Para finalizar o Cardeal de Paolis assegurou que o futuro é de quem tem confiança e se compromete para viver e perseverar em sua própria vocação.

"O futuro de quem persevera, tem confiança e continua na própria vocação. Rezemos para que todos nós possamos perseverar em nossa vocação cristã; pelos legionários para que perseverantes em sua vocação; pelas almas consagradas no Movimento Regnum Christi; e por todos os fiéis que se comprometem a difundir, a entregar suas energias para fazer que outros conheçam e amem o Senhor", concluiu.

O Cardeal encerrou assim o Encontro de Juventude e Família dos legionários de Cristo e do Regnum Christi do México e América Central.


JMJ no Rio vai maravilhar o povo brasileiro, afirma Cardeal Rylko

RIO DE JANEIRO, 29/02/2012 (ACI/EWTN Noticias).- O presidente do Pontifício Conselho para os Leigos (PCL), Cardeal Stanislaw Rylko, em visita ao Rio de Janeiro desde o dia 27 afirmou nesta terça-feira, 28, após reunir-se com o prefeito e o governador do Rio de Janeiro, que a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) vai maravilhar o povo brasileiro e felicitou o Comitê Local Organizador pelos trabalhos de preparação.

Na entrevista aparecida na página da Arquidiocese carioca, o purpurado afirmou que “A JMJ é um evento extraordinário, é uma manifestação da Igreja jovem, cheia de entusiasmo e de ardor missionário. Eu tenho certeza de que a JMJ vai maravilhar o povo brasileiro com a quantidade de jovens que virão de todo o mundo, especialmente da América Latina e do Brasil. Conhecendo a realidade das jornadas e do Brasil, nós temos certeza de que será um exemplo de grande participação dos jovens”.

De acordo com o Cardeal Rilko — que junto com representantes do PCL veio à Cidade- Sede da próxima JMJ para saber sobre o andamento dos trabalhos de preparação para 2013 —, “o Comitê Organizador Local (Col) faz um trabalho maravilhoso a nível de competência e entusiasmo”, especialmente com relação à “preparação pastoral do evento”.

O Cardeal presidente também afirmou que o Papa Bento XVI acompanha todos os preparativos para a JMJ 2013com muita atenção e interesse, e expressou a gratidão do Sumo Pontífice:

“Eu queria, em nome do Papa, agradecer ao Rio de Janeiro e ao Brasil por esse grande dom que faz a Igreja do mundo inteiro acolher a próxima edição da JMJ”, disse.

O Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Cardeal Raymundo Damasceno, acrescentou que as “impressões do Cardeal Rilko são altamente positivas”. Ele está impressionado com a cidade, com os trabalhos que já foram feitos até agora e com a colaboração das autoridades.

“O Cardeal Rilko está muito impressionado, sobretudo, com essa participação tanto do governo municipal como também do governo estadual em colaborar com a Igreja e a Arquidiocese para preparar este grande evento”, afirmou Dom Damasceno.

Para o Arcebispo do Rio e Presidente do Instituto JMJ, Dom Orani João Tempesta, a colaboração das entidades governamentais têm sido eficazes.

“O governo está ajudando a preparação para a JMJ dando a estrutura necessária, que compete ao governo do estado, ao governo federal e municipal, com relação a locais, a deslocamentos, às vias públicas, à segurança (...), de modo que o governo se empenha também em fazer do Rio de Janeiro um lugar ainda mais seguro para que os jovens do mundo todo venham participar com tranquilidade”, afirmou o arcebispo o Rio.

De acordo com o Bispo Auxiliar da Arquidiocese do Rio e animador do Setor Juventude, Dom Antonio Augusto Dias Duarte, um momento importante da visita do PCL à cidade poderá acontecer no dia 1º de março, às 19h30, no Santuário Nacional de Adoração Perpétua, na Igreja de Sant´Ana, no Centro.

“O Cardeal Rilko manifestou seu interesse em estar com os jovens, num momento de oração como o da Igreja de Sant´Ana, que será uma ocasião oportuna para ele sentir o entusiasmo e a vibração dos jovens cariocas para a jornada do próximo ano”, destacou o bispo.

Entre as atividades da comitiva – que conta ainda com o Padre Eric Jacquinet, responsável pela Seção Jovem, Marcello Bedescci, presidente da Fundação João Paulo II para a Juventude e os Padres João Chagas e Anísio José – estão previstas reuniões com os representantes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e visita a locais cotados para receber as cerimônias com a presença do Papa Bento XVI.

No dia1º de março, quando a cidade comemora seu aniversário de 447 anos, Stanislaw Rilko presidirá uma missa no Santuário Arquidiocesano do Cristo Redentor do Corcovado. A visita segue até o dia 2 de março.


RECOMENDAMOS »

Dez
21

Católico em dia

21 de dezembro de 2014

  • Você sabia que: Um dos símbolos que representa ao Espírito Santo é o fogo que simboliza a energia transformadora dos atos do Espírito.

Videos

Santo Antônio de Pádua
Santo Antônio de Pádua
San José de Anchieta
A falta de oração leva à mediocridade espiritual
Papa Francisco: Nem a doença, nem a morte, poderá nos separar de Cristo
O Papa: A Igreja é a casa da Alegria
A comunhão fraterna leva à comunhão com Deus, diz o Papa
O Papa no Encontro Mundial das Famílias: Viver a Reconciliação Sempre
Maria é modelo de caridade e união com Cristo, destaca o Papa
Francisco exorta a rezar sempre sem jamais cansar-se
Rezar e anunciar o Evangelho é tarefa de todo cristão, afirma Francisco
Deus, nossa força, nos surpreende e nos pede sermos fiéis
O verdadeiro cristão segue o Senhor até a Cruz
A fé é a respiração da alma
Papa Francisco sobre Naufrágio em Lampedusa: uma vergonha!
Deus sempre acompanha a humanidade ao longo da história
Bento XVI: Jesus nos mostra o rosto de Deus
Bento XVI recorda que devemos ser sinais da ação de Deus no mundo
Bento XVI: é urgente falar de Deus no mundo atual
Bento XVI: Deus não é um absurdo embora seja sempre um Mistério
Bento XVI fala de três vias para que o coração do homem chegue a Deus
O homem, mendigo de Deus: catequese de Bento XVI
A fé nunca é um ato puramente individual, destaca Bento XVI
Bento XVI: Não nos basta a ciência, é a fé que nos sustenta
Bento XVI: a plenitude humana consiste no amor
Missa de abertura do Ano da Fé

Mais Popular

  Assinar 
Cancelar Assinatura
  

Siga-nos: